Bem poucos são os que, nas diversas peneiras que há, ou em outras formas de observação, tipo, a feita por olheiros que a dupla gre-nal tem espalhados por todo o território nacional, conseguem uma oportunidade de integrarem um grupo da base.

Um número bem menor ainda, consegue, após ter chances em um, acabar saindo e indo parao outro clube.
Este é caso do jovem goleiro Keiller, do Internacional. Aos 19 anos, Keiller da Silva Nunes, natural de Guaíba, 1m91cm, 86 quilos, já está há três anos no colorado mas antes, foi atleta do Grêmio.

Keiller, que completará 20 anos em 29 de outubro, é um dos quatro goleiros profissionais do clube, ao lado de Danilo Fernandes, Muriel e Jackson.

O jovem arqueiro já participou de duas Taças São Paulo e de outras competições sub-20 . Do Grêmio, saiu em 2013, sem maiores explicações, e busca agora, ao pertencer ao diminuto grupo de jovens que conseguiram, “não dando certo em um dos grandes do futebol gaúcho, receberem, ainda assim, uma chance no outro”.

Da sorte, Keiller não poderá reclamar no futuro. Milhares gostariam de ter uma chance destas. Duas então…

 

 

Rogério Bohlkedsc07587_g